Está difícil conseguir o primeiro estágio?

Se a sua resposta foi positiva para essa questão, saiba que não é hora de desanimar.

Oportunidades de emprego, muitas das vezes, não é o que falta, mas sim o preparo adequado.

Quando não se tem experiência de trabalho formal ou em processos de contratação, é fácil deixar passar algumas falhas e não atentar para algumas particularidades que podem fazer toda a diferença para que você seja contratado.

Então, se arranjar um emprego é um dos seus planos imediatos, confira 7 dicas que vão te ajudar a se dar bem!

1. Pesquise áreas e empresas de interesse

Quando estamos iniciando a carreira, nem sempre temos certeza daquilo que queremos seguir, já que dentro de qualquer profissão existem diversas áreas de atuação.

Porém, nenhuma empresa quer uma pessoa instável, que em um momento está lá e na outra semana já pode querer largar tudo.

Um grupo de profissionais.

Para evitar aparentar essa falta de certeza e de compromisso, pesquise o seu mercado e escolha algumas áreas que são do seu interesse.

Feche um pouco este leque. Assim, você poderá ser mais assertivo no seu currículo e também nas entrevistas.

Outra dica interessante é você fazer uma lista de empresas que são do seu interesse, seja por afinidade de valores ou oportunidades de crescimento.

Acompanhe-as pelas suas mídias sociais, sites e lista de e-mail, assim você sempre será notificado quando uma nova oportunidade surgir.

 

2. Descubra as competências exigidas

Pessoas-discutindo-competências-para-conseguir-primeiro-estágio

Fazendo essa lista de áreas e empresas de interesse, o próximo passo é descobrir quais são as competências exigidas para trabalhar nestes lugares.

Para fazer isso, estude a empresa. Ela é estrangeira? Então, é provável que seja exigida uma segunda língua, por exemplo.

Acompanhe os anúncios de vaga desta empresa. Veja o perfil solicitado e descubra o que falta para você se encaixar nele.

Se possível, conheça algum funcionário atual ou antigo da empresa. Ele poderá te dar outra visão do que é valorizado lá dentro, mas que, às vezes, não fica claro em anúncios de vaga.

Muitas vezes, ter uma experiência de intercâmbio não é um pré-requisito oficial, mas que internamente conta como se fosse.

3. Esteja aberto as opções para conseguir o primeiro estágio

Mesmo que você tenha em mente exatamente aquilo que você quer, é bom sempre estar aberto a outras opções.

Isso ocorre pois nem sempre o que desejamos no início da carreira vai ser aquilo que vamos fazer para o resto da nossa vida.

Uma-reunião-para-conseguir-o-primeiro-estágio

Muitas vezes, a nossa percepção de alguma área ou trabalho muda completamente quando atuamos nela de fato.

Assim, outras áreas podem acabar sendo mais interessantes.

Isso só será descoberto com a mão na massa. Então, não fique esperando a oportunidade perfeita, aproveite as que tiver em mãos.

4. Não coloque a remuneração acima de tudo

O primeiro estágio é para muitos o primeiro passo da independência.

O momento em que você ganha o seu próprio dinheiro e faz o que quiser com ele é ótimo, mas não deixe que isso faça da remuneração o foco principal.

Homem-colocando-notas-no-bolso-no-paletó.

O estágio está muito além do quanto você ganhará! Conseguir o primeiro estágio está muito além!

Claro que a ideia não é que você aceite ser mão de obra barata. Porém, é preciso perceber o que está além do dinheiro.

As oportunidades de crescimento, assumir projetos de grande visibilidade, maiores chances de aprendizado, afinidade com o tema, todas essas são características que devem ser analisadas para além da remuneração.

5. Seja sucinto no e-mail

Na hora de enviar o seu currículo para a vaga ou trocar mensagens com o recrutador durante o processo seletivo, seja sucinto.

Fale apenas o necessário.

Muitos estagiários acabam exagerando nesse quesito, pois junto de seu currículo também escrevem mensagens extensas sobre as suas experiências, qualidades, vontade de trabalhar, afinidade com a vaga, entre outras coisas.

O problema é que isso é completamente desnecessário e, muitas vezes, pode depor contra você.

Durante um processo seletivo, um empregador possui diversos currículos para analisar. Ele provavelmente não terá tempo para ler a sua linda mensagem no e-mail.

Moça-prepara-um-e-mail-em-seu-notebook

Mesmo que leia, isso também não é necessariamente algo positivo, afinal, mensagens grandes e muito pessoais podem aparentar que você está desesperado em busca de uma oportunidade de conseguir o primeiro estágio.

Esse certamente não é o perfil desejado por nenhuma empresa.

Assim, seja breve. Siga à risca as regras dadas no anúncio da vaga em relação ao e-mail para onde você deve enviar, o formato do arquivo e o “assunto” do e-mail.

No corpo do e-mail, você pode detalhar rapidamente onde encontrou o anúncio da vaga e o que lhe interessou na oportunidade ofertada, mas não leve mais que um parágrafo.

6. Cuidado com erros de Português

Erros de Português durante um processo seletivo podem colocar tudo a perder.

O seu currículo pode ser maravilhoso, mas se tiver um erro de português que passou despercebido, é capaz dele ser vetado na hora.

Isso porque este erro passa uma péssima impressão para o avaliador, como se o candidato fosse desleixado e irresponsável. “Se o currículo está assim, imagina como é o candidato”, é o que muitos avaliadores pensarão.

Você pode considerar um pouco injusta essa conduta, afinal, um errinho de português não é assim tão sério.

Desenho-escrevendo-um-currículo

Talvez, mas se ponha no lugar do avaliador. Ele possui dezenas de currículos para analisar, normalmente sem muito tempo disponível.

Desse modo, qualquer erro, por menor que seja, já invalida um candidato frente a outro que não o cometeu. Logo, seja impecável no seu currículo.

7. Não fique parado

Uma reclamação comum entre os estudantes na hora de se candidatar para a vaga de estágio é de que não possuem experiência profissional.

Entretanto, ainda assim você pode melhorar o seu currículo.

Experiências escolares, participação em grupos e mobilizações sociais, tudo isso conta para demonstrar liderança e proatividade, dentre tantas outras qualidades desejadas em uma empresa.

Homens-em-segundo-plano-conversando

O mais importante é não ficar parado.

Faça cursos, participe de grupos de debates, ajude em uma instituição social, lidere um grupo na sua igreja, qualquer coisa.

O mais importante é demonstrar força de vontade e coragem.

Se você seguir essas dicas e buscar o seu aprimoramento pessoalmente, certamente o seu nível de empregabilidade aumentará e as suas chances de conseguir o primeiro estágio ficará ainda mais perto.

Entretanto, tudo isso pode ir por água abaixo se você não tiver o mesmo afinco na hora de preparar o seu currículo.

A análise do currículo é um momento muito importante nos processos seletivos para os candidatos, já que ela é eliminatória e você não possui chance de defender o seu caso. Sendo assim, é preciso impressionar!

Logo, confira 6 erros que você deve evitar no seu currículo para o primeiro emprego.