Powered by Rock Convert

A tecnologia vem mesmo trazendo diversas ferramentas e formas de facilitar a nossa vida. Uma das mais populares hoje são os aplicativos.

Eles levam para dentro dos smartfones — e para a palma de nossas mãos — praticamente todas as atividades diárias: lazer, estudos, transações financeiras, compras e muito mais.

A pessoa responsável por fazer isso acontecer é o desenvolvedor de aplicativos. Mas, para se tornar um, é preciso seguir determinados passos. Um deles é procurar um bom curso que prepare você para entrar nesse mercado de trabalho, assegurando o seu sucesso profissional.

E aí, ficou interessado e quer saber mais sobre essa carreira promissora? Para descobrir por que você deve investir em treinamento nessa área, continue a leitura do texto!

smatifone

O que é e como funciona o desenvolvimento de aplicativos?

Todos os aplicativos têm uma coisa em comum: o objetivo de solucionar um problema, por mais simples ou complexo que ele seja. Pode ser conferir o seu extrato bancário, pedir comida ou escanear um documento.

Por meio de um conceito conhecido como lógica de programação, os desenvolvedores mobile criam algoritmos. Juntos, esses algoritmos formam uma cadeia de pequenas ações, que resultam no código do aplicativo.

Esse código é composto de regras e comandos, que são o esqueleto do app, e são eles que ditam o seu funcionamento.

Cada sistema operacional (como o Android ou o iOS, do iPhone, por exemplo) exige que seus aplicativos sejam desenvolvidos com o uso de uma linguagem de programação específica. O ambiente de desenvolvimento também varia: eles podem ser feitos no Windows, Mac (para iOS) ou Linux.

Como o desenvolvimento de aplicativos se tornou tendência nos dias atuais?

Gráfico-de-crescimento

Os apps são muito populares atualmente por alguns motivos. Para os usuários, eles cumprem a grande promessa da tecnologia: resolver nossos problemas e facilitar a nossa vida, nos proporcionando rapidez e praticidade.

Para as empresas, ele também é muito vantajoso. Hoje, é muito difícil você encontrar uma plataforma de cursos, e-commerce ou redes sociais que não tenham seu próprio aplicativo.

Essas organizações engajam e fidelizam seus clientes, valorizam sua marca e oferecem uma experiência mais completa para os usuários por meio dos apps.

Outro fator que coloca os aplicativos no centro das atenções é que, hoje, o uso dos celulares está cada vez mais disseminado.

Muitas pessoas já os preferem, por exemplo, em vez dos computadores — para quem não precisa do computador para trabalhar, os smartfones suprem praticamente todas as suas necessidades.

softwares-para-programar

Quais são os benefícios de investir nessa carreira?   

Apesar de todo esse destaque, as carreiras tecnológicas ainda despertam algumas dúvidas em relação à sua segurança: afinal, vale à pena ser desenvolvedor de aplicativos? Paga bem? É realmente uma boa ideia se especializar nisso?

Toda essa insegurança é natural, especialmente quando se trata de algo que muda e inova tanto quanto a tecnologia. Então, confira abaixo os principais motivos pelos quais nós garantimos que sim, vale a pena!

Viver sem aplicativos já é inconcebível   

Imagine que você tivesse que ficar sem o seu celular por um tempo. Assim, não teria despertador para te acordar, não teria como trocar mensagens com seus amigos ou descobrir como chegar ao lugar aonde você precisa ir.

Hoje, temos um aplicativo para tudo o que fazemos.

celular-com-aplicativos-mobile

Essa é uma tecnologia bastante consolidada na vida moderna, e a necessidade de usá-la só tende a crescer — o que garante uma demanda também crescente por desenvolvedor de aplicativos.

O mercado precisa de desenvolvedores mobile

O mercado de trabalho está excelente para quem tem formação nas diferentes especializações da programação, mas ainda há pouca gente atuando. Ou seja, há muita busca e poucos profissionais. E a tendência é que essa demanda cresça mais ainda!     

Por serem muito requisitados, os desenvolvedores mobile estão sendo muito bem remunerados.

Logo, essa é uma grande chance para os jovens iniciarem uma carreira de sucesso e, assim, alcançar os seus objetivos — como ter realização profissional, independência financeira etc.

garoto-programando

A lógica de programação é o novo inglês    

Há algum tempo atrás, o inglês era um grande diferencial nos currículos; agora, já é pré-requisito para diversos cargos e funções. Pois a lógica de programação segue o mesmo caminho.

Hoje, ela ainda é um destaque nos currículos.

Mas, como está cada vez mais intrínseca em nossas vidas, o mercado em breve começará a exigir que todos saibam programar. Existem, inclusive, escolas que já estão incluindo o ensino de programação na grade curricular do ensino infantil.

Por que um bom curso é importante?

Quando falamos em programação, o começo dos estudos pode ser confuso. É preciso entender a lógica, conhecer as linguagens existentes, para que serve cada uma delas, como usá-las de maneira correta etc.

Por isso, para quem ainda é iniciante nesse universo, os cursos podem trazer diversos benefícios. Vejamos, então, quais são eles!

Componentes-construindo-celular

Amplia o conhecimento e agiliza o aprendizado

Ter a ajuda de professores dedicados faz muita diferença na velocidade do aprendizado e na absorção do conhecimento.

Ter um acompanhamento próximo e poder sanar suas dúvidas na hora são fatores que contribuem muito para que você aprenda com mais rapidez.

Além disso, compartilhar suas ideias com outros colegas permite o desenvolvimento coletivo, cria um ambiente colaborativo e enriquece a experiência de aprendizado.

Ensina as boas práticas de programação

Assim como acontece quando dirigimos um carro, por exemplo, existem certos vícios e práticas que podem prejudicar a escrita de códigos, principalmente se há mais de uma pessoa na equipe.

E, sozinho, pode ser que você pegue muitos deles e demore para perdê-los.

Já com uma boa orientação em curso, você será ensinado desde o início sobre quais são eles e como ter cuidado para não adquiri-los. Isso o torna um profissional mais desejável para projetos em grandes equipes, e otimiza o seu trabalho no futuro.

Acrescenta ao currículo 

Sem dúvida, certificados contam muitos pontos no currículo. Por mais que seja possível aprender sozinho, os recrutadores de talentos procuram se certificar de que as pessoas contratadas são mesmo qualificadas para desempenhar a função que vão ocupar.

Por esse motivo, apostar em cursos faz com que você tenha um diferencial competitivo já no momento em que entrar no mercado.

escrevendo-currículo

Inicia o seu networking

Fazer networking é conectar-se com outros profissionais da mesma área em que você trabalha — algo que é muito vantajoso, principalmente para começar a sua rede de conexões profissionais.

Isso o ajudará bastante a se posicionar no mercado, não só no início, mas ao longo de toda a sua carreira.

Enfim, por tudo isso, escolher um treinamento que ofereça excelência é crucial para que o seu aprendizado seja o melhor possível e que a sua inserção no mercado de trabalho aconteça com tranquilidade e rapidez.

Então, antes de determinar em qual curso ingressar, pesquise bastante.

Procure escolas com boa estrutura e que sejam renomadas. Leia com atenção a descrição e o conteúdo das aulas, e veja se elas atendem à sua necessidade, objetivos e nível de conhecimento na área.

Pessoas-com-celulares

Procure saber também quem são os professores e qual é a experiência deles — se são especialistas, onde já trabalharam etc.

Isso vai evitar que você faça aulas superficiais e não adquira as habilidades que o mercado exige de um desenvolvedor de aplicativos.

E aí, ficou animado com a possibilidade de se tornar um desenvolvedor mobile e ingressar na área que mais cresce e precisa de profissionais? Então, confira a descrição do nosso curso para entender tudo sobre o que ele oferece!