Muitas pessoas amam tanto os animais que gostariam de ter uma carreira que possibilitasse o trato direto com eles. Para exercer algumas profissões dessa área, é preciso ter curso superior.

Para outras, não é necessário nem ter experiência, apenas respeito e interesse pelo bem-estar do bicho.Neste artigo, apresentamos 8 profissões para quem gosta de animais.

São opções de carreiras variadas, para pessoas com interesses diferentes e que estejam à procura de emprego. Leia atentamente, talvez alguma delas tenha seu perfil. Confira!

Medica veterinária tratando de um cachorro adoentado

1. Medicina Veterinária

Quando se fala em uma profissões para quem gosta de animais, geralmente, Medicina Veterinária é a primeira carreira que vem à mente. O trabalho não se destina apenas a tratar de animais domésticos.

A saúde de animais silvestres e de médio e grande portes também é de responsabilidade do médico veterinário.

Esse profissional tem um amplo campo de atuação, podendo trabalhar em:

  • clínicas e hospitais veterinários;

  • fazendas;

  • empresas agropecuárias;

  • jóqueis;

  • zoológicos;

  • centros de recuperação de animais selvagens;

  • órgãos governamentais.

Atendimento, prescrição de medicamentos, vacinação e cirurgias são algumas das atividades exercidas no cotidiano desse especialista. Além da parte clínica, o médico veterinário também inspeciona produtos de origem animal e trabalha no controle de zoonoses.

O Brasil é um dos países com maior número de médicos veterinários em atividade no mercado. Atualmente, são cerca de 105 mil profissionais atuando no setor. As universidades brasileiras formam por ano, aproximadamente, 5 mil novos especialistas.

Oceanógrafo explorando águas profundas

2. Oceanografia

Essa é a profissão para quem, além de animais, gosta de oceanos, mares, rios e lagos. O oceanógrafo estuda a vida marinha e como ela é afetada pelos impactos ambientais.

A fiscalização no cultivo de animais aquáticos em criatórios também faz parte do trabalho desse profissional.

Com profissão regulamentada em 2008, o mercado da oceanografia está em expansão. O aumento da preocupação ambiental, por parte de empresas privadas e pelos órgãos governamentais, indica esse crescimento.

Normalmente, o oceanógrafo tem duas linhas de trabalho a seguir. Uma delas é como consultor ambiental ou como contratado de empresas que mantêm ligação com o oceano, como petrolíferas, portuárias, pisciculturas e aquiculturas.

A outra linha é a da pesquisa e desenvolvimento de soluções para os problemas oceânicos.

Zootécnico avaliando a alimentação de vacas

3. Zootecnia

O trabalho do zootecnista consiste na melhoria na criação de animais para a produção de alimentos, como carne, ovos, leite e derivados. Esse profissional trabalha em toda a cadeia produtiva animal, desde o planejamento até a gestão de técnicas de manejo e criação.

É incumbência do zootecnista garantir que os rebanhos consumam alimentos e vitaminas corretos e, também, que estejam em ambientes higienizados, que proporcionem conforto aos animais.

Além disso, atua no aprimoramento genético e na aplicação de técnicas de reprodução.

Animal marinho nadando em área biológica, uma das profissões para quem gosta de animais

4. Biologia

Entre as 8 profissões para quem gosta de animais temos a Biologia.

É a ciência que estuda os seres vivos. Cabe ao biólogo estudar a evolução e o funcionamento dos organismos.

Essa é uma área com grande abrangência de campos de atuação. O profissional pode se especializar, por exemplo, em:

  • animais marinhos (biólogo marinho);

  • primatas (primatólogo);

  • insetos (entomólogo);

  • aves (ornitólogo).

O biólogo trabalha, ainda, com pesquisas, como consultor ou professor. As preocupações com o meio ambiente e com a sustentabilidade aquecem o mercado para o trabalhador da área, da mesma forma que acontece com a oceanografia.

Auxiliares examinando um cachorro enfermo

5. Auxiliar Veterinário

Essa é uma profissão que não exige curso superior. É muito procurada por aqueles que pretendem estudar Medicina Veterinária no futuro e visam conhecimento e experiência. Outros aproveitam a carreira para atuarem diretamente na saúde dos bichos.

Pode-se dizer que o auxiliar veterinário está para o animal assim como o enfermeiro está para o ser humano. O profissional da área auxilia o veterinário tanto durante o atendimento quanto na parte administrativa.

Para trabalhar como auxiliar veterinário é necessário fazer um curso ministrado e certificado por um médico veterinário. Durante as aulas, você aprenderá conceitos, técnicas e habilidades para ajudar o profissional responsável, nas áreas de:

  • diagnóstico;

  • prevenção;

  • tratamento de doenças;

  • anestesia;

  • cirurgia;

  • manejo;

  • alimentação.

Depois de formado, você estará habilitado para trabalhar em clínicas e hospitais veterinários, pet shops, criatórios, empresas de medicamentos veterinários e em qualquer outro local que atue no bem-estar de animais de pequeno porte.

Tanques que contêm peixes de criação.

6. Piscicultura ornamental

Essa é uma das 8 profissões para quem gosta de animais. E uma opção de carreira para quem gosta de peixes é a piscicultura ornamental.

A profissão está em alta. Segundo uma pesquisa realizada pelo IBGE, em 2013, os peixes ornamentais ocuparam a quarta posição no ranking nacional no número de animais de estimação. São mais de 18 milhões de peixes nos lares brasileiros.

Os cursos de piscicultura ornamental, geralmente, são online. Neles, você aprende técnicas para a criação e manejo na produção de peixes ornamentais em criatórios.

O piscicultor é responsável pelas condições e infraestrutura do criatório, que pode ser um tanque, piscina, aquário ou caixa d’água e, também, pela nutrição, reprodução e crescimento dos peixes, entre outras tarefas.

Homem passeando com cães

7. Passeador de cães

Passeador de cães, também chamado de “dog walker“, é uma profissão que não demanda experiência alguma. O necessário é ter paciência, carinho pelos animais e um pouco de preparo físico.

A rotina do profissional é passear com um ou mais cães, para que eles possam, além de praticar exercício físico, fazer as necessidades fisiológicas. É dever do cuidador levar alguns sacos para recolher as fezes do animal. Em algumas situações, o mesmo cachorro pode ser conduzido mais de uma vez ao dia.

Outras responsabilidades atribuídas a esse trabalhador são acompanhar o animal durante idas ao pet shop para banho e tosa e consultas ao veterinário.

Rapaz adestrando e treinando um cachorro.

8. Adestrador

Uma cena muito comum de se ver nas ruas é um cão latir, descontroladamente, para outro animal ou quando uma pessoa caminha próxima a ele. Provavelmente, ele tem um problema de socialização.

Uma maneira de solucionar a questão é treinando esse cachorro. O responsável pela tarefa será o adestrador, um profissional que conhece o comportamento animal, possui técnica e tem intuição.

O trabalho do adestrador é igualmente importante quando o animal:

  • demonstra agressividade;

  • tem ansiedade;

  • faz as necessidades em lugares errados;

  • não responde quando chamado;

  • puxa muito a coleira;

  • rouba comida em cima da mesa;

  • pula nas visitas.

Cão em campo de adestramento.

Trabalhar com bichos é, antes de tudo, uma vocação. Entre as 8 profissões para quem gosta de animais, escolha aquela que você acredita que, além da satisfação pessoal, possa contribuir para a saúde e qualidade de vida deles.

E aí, se interessou por alguma dessas profissões? Então, compartilhe este post nas suas redes sociais, para que seus amigos também fiquem por dentro desse assunto.